Fiat Oggi (2)

Por: Irmãos Rocha

set 13 2010

Tags:, , , , , ,

Categoria: Na rua

50 Comentários

Abertura:f/3.2
Comprimento Focal:7.3mm
Disparador:1/59 seg


Campinas, interior paulista.

Mais uma contribuição de Alberto Polo Jr.
=============================================


50 comentários em “Fiat Oggi (2)”

  1. Ta acabado esse, cheio de ferrugem e com o vidro um pouco aberto…

  2. A bizarra versão sedã do 147 !!!
    OGGI não vale nada…

    • Nunca valeu nada, o 147 até gosto, não é dos melhores mas é um carrinho simpático mas o oggi é muito feio.

      • Na verdade esse era a versão sedã de um outro feinho que a Fiat chamava de Spazio.

        • mas o Spazio era apenas uma versão do 147!

          Fiat 147 Spazio

          • Tem razão, acho que a “dinastia” 147 só se findou com a chegada do Uno.

          • Derrapou feio, Flavio. Me desculpe. O Spazio era outro carro, com mais equipamentos e preço superior ao 147, que continuou em produção até 86. O Oggi nasceu como versão sedan dele, seguindo o padrão diferente do 147.

          • o Spazio foi a tentativa de fazer um modelo “top de linha” do 147, não muito bem sucedida!

          • Bom, se você foi buscar na fonte, eu acato o que está registrado. Todavia, confesso ter a plena crença de que o Spazio era algo diferenciado do 147, a ser vendido inclusive com nome próprio – e não de versão deste.
            .

            Enfim…

        • Fato, mas pra mim a melhor versão do 147 é o europa.

  3. Sacanagem, isso não se faz… sempre achei o Oggi um carro simpático, apesar de falarem que a traseira não casa com a dianteira, bla, bla, bla…
    Concordo que esse não tem mais salvação.

  4. Considerando que as placas brancas apareceram na região de Campinas em 93, esse deve estar parado há pelo menos uns quinze anos!!!

  5. É, pelo estado da sujeira denuncia que tá parado há um bom tempo mesmo, porém os pneus ainda estão cheios, meio contraditório isso.
    Olha, é um carrinho esquisito, isso não se discute, mas por ser uma peça rara de se ver, simpatizo e muito.

  6. Oggi > Premio ou Duna > Siena > Tempra > Marea > Linea | não importa a categoria | todos terão o mesmo destino |

    • Esse seu raciocínio pode ser extendido para qualquer linha sucessória de qualquer montadora. O destino de muitos carros que rodam hoje, de qualquer fabricante e modelo será o abandono um dia. Vamos ter líneas aqui, da mesma forma que teremos Renaults, VWs, GMs… Não dá pra escapar, infelizmente

  7. Bela contribuição… Carrinho difícil de ser visto hoje em dia, seja em bom ou mau estado.

  8. já vi bemmmmmmmm piores rodando kkkkkkkk

  9. Coitado meu…é tao dificil de achar um desse pra vender,a panorama intao é mais dificil ainda.

  10. Carro raro, placa amarela com pneus cheios. Alberto que bairro de Campinas ele está?

  11. Vai ficar ai… oggi e sempre…

  12. Alberto, onde tá esse oggi? quero saber do lance de restauração de móveis que está atrás… hehehe

  13. Esse é dakeles q o rico n ker mais e o pobre tb n… kkkkkkkkkkkkkk

  14. Bando de sabichão SAM NITTS e Matheus S.P.. O Oggi pode não ser um belo carro, mas tem o seu valor. Procure entender sobre o modelo e sobre o raríssimo Oggi CSS. Aí vc vai que um Oggi ainda vale grana. Se vc tem um popular, dependendo de qual seja, um Oggi ainda p ode valer muito mais.

    • Concordo Sérgio.. esse blog tá cheio de moleque metido a sabichão, que de carro entende só o que lê em revista de tunning(se fosse na 4R pelo menos); que acha que os únicos carros que presta são as caixas de sapato com motor AP da VW;encheu o saco já, a cada vez que aparece um Fiat,Alfa Romeo,importados franceses ler: pode apodrecer,menos um no mundo etc….

    • OGGI VALE MAIS QUE UM TEMPRA… mais que o MAREA também ahaha

  15. Um carrinho interessante. Feio de doer(coitado, hehe), porém pioneiro no bom aproveitamento de espaço. Estou sem os nrs aqui, mas ele tinha um porta-malas mais espaçoso que o do Voyage e do Chevette. Como? Não sei, milagres da engenharia. Viveu pouco, pois o Prêmio, muito mais moderno e espaçoso chegou logo.

  16. Um dos nacionais mais raros de se ver junto acom a panorama e a pick-up, e acredito, raro junto com os antigos SP2 e outros mais antigos…

  17. Não conhecida essa versão CSS… linda demais.
    Percebi que muitos não gostam da FIAT mesmo… e ela tem seus defeitos, assim como qualquer outra montadora também tem os seus.
    O Gol GT e o Escort XR3 fizeram história mesmo, indiscutivelmente, e esse OGGI só não fez história pela pouca produção. Vale lembrar que a FIAT tinha restrições em produzir carros com motorização maior, dado acordo firmado com outras montadoras quando chegou ao Brasil.

  18. ate q esse carros tem um painel legalzinho mas o carro é muito feio pior q o 147

  19. Já foi carro de novela!

  20. Nao adotaria nem de graça

  21. “- Fiat Oggi, um carro para os dias de Hoje!” KKKKK.

  22. para se adotar um desse, vai gastar muita grana, compensa pegar um carro novo…

  23. Um bom carro! Já tive um deste e não tenho que reclamar.

  24. para esse bando de moleque que não estudou:
    Nos anos 60, a montadora de veículos Fiat tencionava entrar no Brasil. Outras montadoras já instaladas se opuseram e com influências políticas, conseguiram impedir. Isso porque já naquele tempo, se conhecia que onde a Fiat entrava incomodava o mercado. Exemplos deste cenário foram vistos claramente na Europa. Ao tomar conhecimento de que o impedimento ocorria por uso de trâmites políticos e como bons italianos, acabaram contornando.
    Veio a Copa do Mundo de futebol em 1970, todo o país só falava em Pelé, muito entusiasmo com a seleção, etc.
    Neste cenário, a Fiat praticou suas manobras.
    Financiaram campanhas políticas de senadores e deputados que se encarregaram de encaminhar um projeto permitindo a entrada da Fiat.
    Enquanto os olhos do mundo estavam voltados para o México, a Fiat conseguiu a aprovação sorrateiramente.
    Quando as outras montadoras descobriram, o projeto de entrada já havia sido aprovado, a montadora havia comprado um terreno no Bairro Demarchi à apenas alguns quarteirões de distância da sede da Volkswagen do Brasil.
    As empresas Volks, Ford, GM e Crysler se reuniram na Europa e chamaram a direção da Fiat para discutir a “questão Brasil”.
    As empresas já instaladas alegaram que o Brasil não possuía mão de obra especializada antes das suas respectivas penetrações, que o comércio foi formado em função das mesmas, que toda a mão de obra especializada estava centrada no Grande ABC e por estas razões, a Fiat estaria se aproveitando da situação para se formar no mercado com muita vantagem comercial.
    Por estas razões, afirmaram que a Fiat teria de se instalar no Brasil à pelo menos 500 km de distância da Grande São Paulo. Esta condição retirava a Fiat de praticamente todo o Estado de São Paulo, posicionando-se em regiões onde não havia literalmente nenhuma condição comercial nas regiões mais desabitadas do Estado. A distância ainda tirava a cidade do Rio de Janeiro. Esta imposição acabou sendo aceita pela Fiat.
    Mas também houve uma segunda condição. As outras montadoras sabiam que a Fiat tinha um veículo que não agradou o mercado europeu e impuseram que ela produzisse por dez anos a linha que veio a ser conhecida no Brasil como 147.

    o texto na íntegra está em :http://pt.shvoong.com/business-management/1623741-fiat-brasil-um-tiro-que/

    • Em resumo, Volkswagen, General Motors e Ford usaram de extrema canalhice para inviabilizar a concorrência e continuarem a reinar no mercado interno, já fechado nos tempos da ditadura. É bom lembrarmos, inclusive, que a HONDA e a TOYOTA também tentaram entrar no mercado nacional nos anos 70 e foram barradas pelo governo militar.

      >> Agora pensem: HONDA e TOYOTA fabricando carros no Brasil nos anos 70/80, onde já possuíam bom padrão de acabamento e confiabilidade mecânica…. não teria sobrado nada da VW, Ford e GM!

  25. Se deixassem os japoeneses entrarem mais cedo em nosso mercado teríamos carros melhores e com melhor acabamento e até motorização,possivelmente com um preço mais baixo.O que as três grandes fizeram com a FIAT foi semelhante com o que o Governo fez com as montadoras nacionais genuínamente(Gurgel,Tanger,QT Engenharia,Engessa,MP e etc…).Sofremos desse jeito por conta dessa corja que só quer ver o brasileiro gastar mais com um carro que nem indiano compra.
    Quero um oggi,será que o dono vende esse aí no estado em que se encontra?

  26. É otimo ler comentários de quem entende do assunto, ou ainda se não conhece , pesquisa e fica por dentro.
    Parabéns pelo comentário, Celso.
    Na epoca lembro bem como foi dificil a Fiat entrar no Brasil.
    Agora, nao sei pq criticam tanto os carros Fiat, e as cidades brasileiras são cheias de Fiat. Esquecem a Fiat tem o controle acionario de marcas famosas como a Ferrari.
    Para um colecionador esse Oggi tem o seu valor, pois é peça rara. E quando um colecionador decide restaurar um carro, nao se importa se ele vai ter valer o que ele gastou. O seu prazer está na restauraçao e posteriormente e possuir um carro antigo e raro em perfeito estado.

  27. sera que da pra montar uma carrocinha de cachorro quente na ” mala ” dele????/

  28. pow piblica ai o oggi e o uno que eu mandei uns meses atrás.

  29. Desconhecia desse video ai gostei mto!

  30. Esse ta pertinho da minha casa… não ta tão acabado quanto parece. e vira e mexe ele muda de vaga, porem fica na mesma rua…hueheu

  31. uba tem ate entrada de ar


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: