Ford F75 (4)

Curitiba, Paraná.

Bucólica contribuição de Guilherme Pariz.
—————————————————————–


27 comentários em “Ford F75 (4)”

  1. Tah inteiro esse carro um modelo muito bonito pra sua epoco adotaria

  2. Bonito lugar, quantos anos de serviço essa velha Ford deve ter…
    Tá bem velha mas tem salvação, show de bola !!!

  3. *epoca

  4. é impressao minha ou a roda da frente ta pendida

  5. o problema desses carros é que o dono não vende, não doa, não empresta!!!

  6. Ta disfarçada na vegetação!

  7. Adoto na hora!!! Muito show! Quem tem sitio ou fazenda sabe do que eu estou falando.

  8. Não aparenta estar parada a tanto tempo assim…

  9. Não aparenta estar parada a tanto tempo assim (2)

  10. Nunca entendi a diferença entre o design deste modelo e o da Toyota Rural.

  11. que bela foto,não

  12. Dúvida: Qual a diferença entre os modelos dessa época(idênticos) fabricados pela Ford e pela Willys Overland?? Confesso ser incapaz de saber quem é quem…

    • é mais ou menos assim, Pedro. A Wyllis, veio para o Brasil em 1958. Eram montados aqui as Rural (perua, van, suv como queira), F 75 (picape), com aquela frente de dois paralamas parecidos com Jeep, que é chamada frente americana. Em 1960, começaram a ser produzidos todos com a frente igual a da foto. Tiveram vária alterações mecânicas, acabamento interno, suspensão. Na frente do carro existia um emblema em forma de w. Não era na grade, masi exatamente no espaço entre o bico do capo e a quina da lataria.
      Em 1969, a Ford adquiriu a fábrica da Wyllis aqui no Brasil, não sei no resto do mundo. A partir de 1970, os emblemas do carro, passaram a trazer estampado as letras da Ford. Houveram muitas mudanças, a Rural, foi fabricada até 1977 e a F75 até 1982. Em 1980, a F75 teve uma versão à alcool. Em 1975, os modelos começaram a utilizar os motores OHC de 4 cil., iguais aos do Maverick, ao invés dos 6 cil da Wyllis.
      Eu tenho uma F75 1971, motor 6 cil, 2.600 cm³, Carburação simples. Tirei a tração dianteira, que quase todos modelos possuíam (menos os super luxo para serem mais macios) e coloquei um eixo rígido e freio disco.
      Curiosidade: o coletor de admissão destes motores eram fundidos junto com o cabeçote, que tinham apenas a s válvulas de admissão em seu corpo. As válvulas de escape eram no bloco do motor. quem entende um pouquinho de mecânica, vai saber o que eu estou dizendo. Um abraço.

  13. Não aparenta estar parada a tanto tempo assim (3)

  14. Eu queria uma dessa, com carroceria de lata !

  15. Parece cidade do interior.

  16. Eu adoto as “vergamotas”. 🙂

  17. Meu Deus… O Luiz deu uma aula de F75. Esse gosta do carro que tem mesmo.
    Vlw!

  18. Parece interior mas é Curitiba mesmo, e as bergamotas (ou vergamotas) aqui são
    chamadas de mimosas. A picape esta parada a uns 10 meses. E dentro da casa há um Puma am3 em estado de orfão, sem acesso para foto.E o proprietario da casa morreu há uns 6 meses.

  19. Não aparenta estar parada a tanto tempo assim (4)

  20. Até a placa parece ser nova!

  21. Esta eu adoto!!!! Gosto demais de Rural…

  22. Pelo visto neste local esta tudo abandonado,concordam?

  23. se for 6 boca e bom

  24. Carro pra rodar mais cem anos. Vale apena restaurar. Alto valor de revenda.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: